domingo, junho 21, 2009

Para ti...

As saudades, pequenas ervas daninhas que crescem dentro mim e me consomem, durante o dia, até ao sono profundo , onde renasço e te reencontro. Momento em que as ervas daninhas se transformam em lindas tulipas, onde o perfume das pétalas nos envolve e faz viver de novo!

1 comentário:

Olga disse...

Just one word: Superb!!!